quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Marco Universal: 60 Anos da Declaração


Celebrando os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos o projeto Marco Universal promoveu no dia 10 de Dezembro no SESC Tijuca um encontro com diversos grupos e unidades do SESC Rio de janeiro. Foram debates com a mediação de integrantes dos grupos Artefeito, Unibrasil Pré vestibular, Na Mira Produções e ECO, da comunidade Santa Marta, que realizam atividades sócio educativas durante a exposição fotográfica e áudio visual que vai até o final de dezembro.
Wallace Cardia, da Spetaculo, o escritor TR, o fotografo Francisco Valdean, do Banco de Imagens do Povo da Maré e a cineasta Tetê Moraes, que dirigiu o curta “Fruto da Terra” um dos mais surpreendentes da série de 09, demonstraram seus olhares acerca dos Direitos Humanos de forma positiva, revelando as soluções nos próprios ambientes onde ocorrem as violações. A história dos jovens atores da Spetaculo, a filosofia da cultura Hip Hop, a beleza da favela no olhar dos fotógrafos populares e a conquista de uma Sem Terra quando seu filho vai estudar medicina em Cuba revelam que os caminhos para a concretização dos Direitos Humanos partem do cotidiano dos próprios cidadãos quando tem consciência destes.
De Terça a sexta das 12 as 21 horas, sábado e domingo das 10 as 20 horas, entrada franca. Marcação de grupos para as atividades telefone: 3238 2110 / 2076

domingo, 14 de dezembro de 2008

Artefeito no Intercolegial


O Intercolegial no Circo Voador, que rolou dia 10 de dezembro, contou com a performance das grafiteiras Erika e AV. da Artefeito, onde tambem rolou skate e basquete de rua simultaneamente ao graffiti feito pelas minas.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Visita à La Familia Ayara - Colômbia



A convite da Organizaçao La Família Ayara, estou esta semana fazendo uma série de atividades junto com nossos irmaos Colômbianos. Hoje, a primeira atividade do dia foi uma visita à Fundaçao Hagares claret que é uma casa em Bogotá para crianças de 5 à 16 anos vítimas violência doméstica.
Na parte da manha pude conhecer as atividades da casa e todo o proceso de recuperaçao das crianças além de conhecer a historia de muitas delas. O que mais me impressionou foi a alegria de todas que vivem ali. Na parte da tarde fi zemos uma atividade de desenho junto com o profesor Poeta seguida de uma oficina de graffiti gerando uma grande euforia por parte das crianças que tiveram pela primeira vez o contato com este tipo de técnica.
O intercambio de experiencias entre a Família ayara e a Artefeito é um ótimo exemplo de experiencia de crescimento para as organizaçoes de juventudes de nossa América.
Nos próximos días mais atividades como palestras e intervençoes artísticas estarao acontecendo.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Grafiteiras pela Lei MP fazem a diferença no MOF 2008


As Grafiteiras pela Lei Maria da Penha estiveram neste domingo, 30 de novembro, no Meting Of Favela 2008, na Vila Operária em Duque de Caxias. O painel feito por Anarkia, Erica, Aila, Nayara, Lu, Odarayá e Morga, sobre a Lei, compôs o cenário da favela que se transformou após a intervenção de mais de 200 grafiteiros de todas as partes do Rio, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo. Todas as grafiteiras que pintaram o painel e ainda Iane, Jups e Muleca realizaram um bate papo sobre a Lei Maria da Penha que reuniu homens e mulheres, moradores, educadores que apoiavam o evento, rappers e a grafiteira Monica, da Bahia, que irá multiplicar a idéia em sua comunidade. Para incentivar ainda mais o futuro do graffiti local elas realizaram uma oficina de graffiti para as crianças, que estavam encantadas com o colorido das vielas e ruas da favela.
O evento, realizado pela Posse 471, marcou por mais um ano a vida nesta comunidade, que está transformada não só pela sua nova estética mas no seu cotidiano graças aos mutirões voluntários, e desta vez as minas marcaram presença com novas propostas.

Fabio Bitão lança livro e outros lances

365 Graus Por Fabio Bitão - Dia 04 de Dezembro 20 Horas – La Cucaracha
Coquetel de Lançamento do livro do fotografo e skatista que registrou a evolução do skate, com prefacio de Bob Burniquist. Discotecagem de DJ Dubstrong (SP) e participação especial do trompetista Guizado (SP).
Rua Teixeira de Melo 31 Ipanema

Malabares e Sons – Cia Somosaarte - Dia 06 de Dezembro – Vila Olimpica Nova Iguaçu
Das 10 às 18 horas atividades com Malabares, Hip Hop e Funk, após um cortejo de artistas leva até o Espaço Cultural Sylvio Monteiro onde o evento continua.
Entrada Franca

Porão do Hip-Hop - Dia 06 de Dezembro – 20 Horas – Bodega Bar
Monumento Inverso – Cartel MCs – Vinícius Terra – U-Flow – Fluxo – DJ Erik Skratch – DJ Kong
Entrada Franca - Gomes Freire 602 Lapa

Artefeito debate sobre Direitos Humanos no Marco Universal


Participamos do debate sobre Direitos Humanos promovido pelo projeto Marco Universal no SESC são João no dia 18 de novembro. A visão através da lente dos cineastas Joel Zito e HB do Mate com Angu, junto a experiência do arte educador André e do Artefeito refletiram sobre o curta “Vias no Lixo” de Alexandre Stockler, parte da série de curtas sobre Direitos Humanos produzido pelo projeto. A exibição dos filmes, dentro de uma exposição fotográfica, estarão no SESC Tijuca a partir de 05 de dezembro, com atividades reflexivas, onde o Artefeito também estará presente. Marcação de grupos e escolas pelo telefone 3238-2076.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008



Meeting of Favela
Muitas dificuldades são encontradas dentro da baixada fluminense, principalmente o acesso à arte e cultura, e esse é uns dos motivos que crianças e jovens se influenciam pelos malefícios urbanos, e através dessas pendências resolvemos ajudar de alguma forma, a POSSE471 seguindo o fluxo de uma série de multirões idealizou o meeting of favela que seria o mutirão dos mutirões, tendo sua 1ª edição sendo realida no ano de 2006 com a presença de mais de 50 graffiteiros na comunidade da VILA OPERÁRIA em Duque de Caxias-RJ, com a presença de grafiteiros de vários lugares do Rio de janeiro, São Paulo e Bahia.Em 2007 o MOF teve uma estrutura melhor, com shows e almoço para os grafiteiros, e para nossa felicidade e a dos moradores recepcionamos mais de 100 grafiteiros de varias partes do país, mais que o dobro do MOF de 2006, no ano de 2007 pudemos contar com a presença de artistas de Belo Horizonte, Floripa-RS, São Paulo, Salvador-BA, Brasília-DF, Nova Iorque, Montreal e a massa de Rio de Janeiro. contando com artistas da cena atual e da velha escola do graffiti art. O MOF ( Meeting of Favela ) é realizado uma vez por ano na baixada fluminense com a parceria do mutirão, tendo como finalidade proporcionar para os moradores dessa comunidade um espetáculo de cores, criando um incentivo para crianças e jovens que admiram a arte do graffiti, essa foi à forma que encontramos para desenvolver o social em nossa cidade, pois não contamos com nenhum apoio político dentro de nossos objetivos, o MOF também conta com a colaboração de grafiteiros que visitam nossa cidade e presenteiam vários moradores com artes nos muros de suas casas, todos gostam todos querem, e para nós, essa felicidade não tem preço, para elas esse dia é especial, sentimos que elas querem retribuir de alguma forma e essa retribuição e a credibilidade que elas nos passam, através dessa intervenção entre artistas e moradores, sempre há uma confraternização excelente, e isso que nos satisfaz e nos da forças para desenvolver este evento anualmente, procurando melhorar a cada ano, buscando mais parcerias para que essa felicidade não morra.





Graffiteiras Pela Lei Maria da Penha no Meeting OF Favela!!!

As Grafiteiras pela Lei Maria da Penha fazem parte de um projeto que através do graffiti leva para a população os avanços da Lei N 11340, que protege mulheres vitimas de violência domestica। As Grafiteiras que também são Promotoras Populares da Lei Maria da Penha irão estar no MOF em um bate papo com os moradores da Vila Operaria e após irão grafitar um painel sobre a Lei que multiplicara esta informação de forma visual.

Uma iniciativa do grupo ArtEfeito, que se reformulou após cinco anos de historia na subcultura como Comcausa Arte e Pensamento, marcada por projetos como Baixada na Pista, Música Rap, Rio Hip Hop Contemporâneo, entre outros.
Agora as grafiteiras Anarkia, Erica, Injah, Morga, Aila, entre outras, os produtores Giordana Moreira, Marcelo Faria, Yuri Chamuska e Leo Basílio, e as técnicas Luana Nunes e Giovanna Medeiros continuam a escrever essa trajetória em busca da Arte e seu Efeito na construção de um novo projeto de sociedade.
Contato: www.artefeito.org - taligado@artefeito.org ; 21 9277 5424

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Hutúz Filme Festival

22/11
12:00 - Intervenção de Graffiti apartir das 12 horas - Participação Anarkia
20:30 - Exibição do Filme "Graffiteiras Pela Lei Maria da Penha"


De Mario Graffiti, RJ, 9 min Grafiteiras do Rio de Janeiro falam sobre o projeto “Grafiteiras pela Lei Maria da Penha”, realizado pela ONG Com Causa, que difunde a lei N°11.340 através do contato de mulheres com a arte do graffiti nas comunidades da Baixada Fluminense, criando uma forma de debater a violência contra a mulher.
E veja também: Vídeo Clip - Brasil Com P ; Vídeo Clipe - Chapa Lupa; Rotação 33 - Fita Mixada;

Cine Odeon – Praça Mahatma Gandhi – Cinelândia - RJ
R$4,00 e meia R$2,00


Agora Somos ARTEFEITO!!!!
Para produzir subcultura e encarar o caos social a que estamos submetidos, expressões artísticas se reuniram no inicio de 2003 em um movimento que se chamou ComCausa Arte e Pensamento. Projetos como o Baixada na Pista, Música Rap, Rio Hip Hop Contemporâneo, Grafiteiras Pela Lei Maria da Penha, Minas do Graffiti e Espaço do Rock escreveram uma história onde a arte é a forma que encontramos de interferir nesta realidade.
Hoje continuamos a escrever essa história como ArtEfeito reafirmando integralmente nossa missão através da Arte e seu Efeito na busca por um novo projeto de sociedade.

Giordana Moreira / Panmela Castro / Marcelo Faria / Yuri Chamuska / Leo Basílio / Luana Nunes / Giovanna Medeiros / Débora Injah / Erica

Tag feita no "Hall Of Fame" em Berlin, Alemanha, durante o CBB - um dos projetos que o Artefeito participa.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Exibição do Filme "Graffiteiras Pela Lei Maria da Penha" no Sesc de Madureira

RABISCOS SEM RISCO

O projeto apresenta curtas-metragens de diversos grupos, como Nação,Favela Filmes, Posse 471, Repprodutora, Urca Filmes e Com Causa e Raízes, que abordam a arte do grafite em diferentes contextos.

A programação conta ainda com debates em duas mesas, que abordarão a visão do grafite junto ao meio ambiente e a questão sobre o ponto de vista do design gráfico. Para quem quiser aprender um pouco dessa técnica poderá participar dos workshops com o escritor Binho Ribeiro, o desenhista Guima e os artistas Gloye e Godri.

Ao final do evento, o muro será o foco: um bate-papo com os grafiteiros convidados para a escolha da temática irá gerar a pintura de murais nas escolas Cardeal Arcoverde, em Madureira, e Cecília Meireles, em Vila Kosmos, no dia seguinte.

Programação

8/11, 13h às 14h - Exibição de vídeos
· Nação - De Erik Maximiano
· Multiplicadores - De Renato Martins
· FGS - De Leo Almeida
· Meeting of Favela - De Add Filmes
· Raízes - De Coletiva
· Grafiteiras pela Lei Maria de Penha - De Marcio Graffiti

14h às 15h30 - Workshops
· Pintura com spray - Binho Ribeiro (SP)
· Caricatura - Guima
· Customização - Gloye e Godri

15h30 às 16h30 - Debate O Grafite no Meio Ambiente
· Edson Gomes - Ambientalista da ONG Verdejar
· Binho - Grafiteiro e empresário da cultura hip hop
· Mediador: Airá Ocrespo

16h30 às 17h - Intervalo

17h às 18h - Debate Design e Grafite
· Carlos M. Horcades - Professor e coordenador do IAV Univercidade
· Marcelo Lamarca - Designer e grafiteiro
· Mediador: Airá Ocrespo

18h às 19h - Encontro de grafiteiros

9/11, 9h às 19h
Pintura coletiva de mural com os grafiteiros convidados, nos muros das escolas Cardeal Arcoverde, em Madureira, e Cecília Meireles, em Vila Kosmos.

Grátis. Livre.

SESC Madureira
Rua Ewbanck da Câmara, 90
Telefone: (21) 3350-7744