quarta-feira, 30 de março de 2011

DE VOLTA À VIA LIGHT - POR UMA EDUCAÇÃO NÃO SEXISTA




O painel de Davi, Erika, Muleca, AV. e Saicus encerrou a Jornada Urbana Por uma Educação Não Sexista no dia 26 de março, em Nova Iguaçu, com lançamento do 2º Editorial do Let's Pense e show da banda Cretina.

De volta ao muro que em 2008 recebeu o 2º Encontro de Grafiteiras do RJ e reuniu pela primeira vez a galera que hoje faz parte do coletivo Artefeito este painel foi a primeira interação artistica após a adesão dos homens ao grupo que começou somente com mulheres. Foi também o painel da campanha "Arte P.E.N.SE. - Graffiti Por uma Educação Não SExista" que desde o final de 2010 já realisou oficinas, performances e duas edições da exposição com o mesmo nome.

Foi visível a harmonia do grupo que se consolidou durante esse tempo. O mais novo integrante, Saicus, marcou o nome do Artefeito entre o rosa e o azul no muro, enquanto Davi deu forma ao rosto da ativista paquistanesa Mukhtar Mai. Sempre surpreendendo Muleca assinou o protagonismo feminino no nome Artefeito ao lado dos personagens de Erika e a afro descendente sempre presente de AV.

Em meio á guerra no oriente Médio e ao feminicídio no Brasil trouxemos ao público a figura de Mukhtar Mai, que transformou sua história de vítima de uma violencia para uma trajetória de ativista em Direitos Humanos reconhecida internacionalmente. Após a história contada na sua autobiografia "Desonrada" ela fundou uma escola para meninas em sua aldeia, onde a maioria das mulheres não são alfabetizadas. E o Let's Pense troxe em seu segundo Editorial a história da criação da lei Maria da Penha e seu Artigo 8º que prevê a implantação de uma Educação Não Sexista, com recortes visuais de Paulo Vítor.

O show da banda Cretina fechou a noite com o legítimo roque da Baixada, onde muitos ouviram falar sobre sexismo pela primeira vez, a população ganhou um novo painel de presente e todos se divertiram, em uma Cidade onde ainda é muito difícil produzir cultura.

A Jornada rolou com a cooperação de muita gente ocmo Marcel, Alcir, Jeferson Ribeiro, Nextwo, na produção, Mayara Freire e Zezzinho Andrady e pedro - da LUB, registrando, Gabriela Boechat com seus quadros e a banda Cretina com tudo. Cooperaram também a Secretaria das Cidades, a Secretaria de Transportes com a iluminação (só faltou a luz do poste, salva pelos holofortes do nosso amigo Jeferson) e Secretaria da Cultura e Turismo. O Brasas, grande incentivador da cultura alternativa da região, e a Veda Tatoo, acreditaram no projeto e fizeram parte da nossa força, sem depender de papéis e sem atropelar ninguem. Afinal estamos juntos e juntas por uma causa, com amor e respeito pelo graffiti e pelo próximo.


Fotos na pagina da Artefeito no Facebook.

Nenhum comentário: